1. OBJETIVO DO FESTIVAL

O II Festival de Música 2017 é uma iniciativa da Feira Vocacional® que tem por finalidade valorizar, incentivar e reconhecer os talentos musicais dos ministérios de música da Igreja Católica. Visa potencializar estes talentos, dando-lhes visibilidade, além de estimular a difusão da autêntica música católica. O II Festival de Música almeja integrar Dioceses, paróquias, comunidades e movimentos da Igreja Católica cuja missão seja a evangelização através da música.

2. INSCRIÇÃO NO FESTIVAL

Visando sempre aumentar a qualidade de Festival de Música, observando o aumento das inscrições de participantes de dentro e fora da Diocese de Santo Amaro e tendo em vista os prêmios vigentes (assinalados no ponto 11), esse ano o processo de INSCRIÇÃO passará por uma criteriosa pré-seleção em duas fases:

2.1 PRIMEIRA FASE:

a) O ministério de música deverá preencher a ficha de inscrição no site da Feira Vocacional® (http://fv.org.br/programacao/festival-de-musica/);
b) As inscrições serão abertas a partir do dia 26 de maio de 2017;
c) As inscrições serão encerradas no dia 20 de julho de 2017;
d) Para se inscrever nesta fase, não será cobrada taxa de inscrição;
e) O ministério deverá preencher TODOS os campos da ficha:

i. No campo “MÚSICA”, o ministério deverá enviar um arquivo de áudio compatível (.mp3, .wav, .m4a, .aif) com uma canção de autoria própria;
ii. No campo “LETRA”, deverá enviar um arquivo (.pdf) contendo o nome da música, autoria (letra e melodia), a letra e a cifra, ou partitura da mesma;
iii. O arquivo enviado não precisa ser produzido em uma gravadora, ou seja, serão aceitas gravações de caráter amador desde que a mesma esteja audível. A avaliação da canção consiste na análise da letra e melodia. Arranjo e harmonia não são levados em conta nesta fase. Por vezes, é preferível uma gravação simples, contendo somente uma voz e um instrumento para acompanhamento, a uma gravação com muitos elementos que dificulte a compreensão da letra e da melodia.

f) Os ministérios inscritos passarão por um processo de pré-seleção, cujos critérios serão estabelecidos pela comissão julgadora;
g) Após a inscrição, o ministério será comunicado por e-mail (indicado na ficha da inscrição) sobre a confirmação de sua inscrição;
h) Após o encerramento das inscrições, o ministério será comunicado por e-mail sobre sua seleção para a segunda fase ou não.

i. Este e-mail, negativo ou positivo, será enviado até o dia 30 de julho de 2017;
ii. Segundo o item 9.1, não serão disponibilizadas as notas da primeira fase para os candidatos que não selecionados;

i) As vagas para inscrição na primeira fase são limitadas.

2.2 SEGUNDA FASE

Também visando uma melhor acolhida de todos os participantes e tendo em vista os custos que englobam a maior qualidade e transparência dos processos de seleção e critérios de julgamento, a partir desse ano será cobrada uma taxa simbólica. Após o recebimento da confirmação de pagamento, será validada a participação do ministério de música no II Festival de Música 2017.
a) No e-mail mencionado no item “h” do ponto 2 (acima), será enviado um boleto de pagamento para a validação do processo de inscrição;
b) A taxa do boleto será de R$50,00 (Cinquenta reais);
c) É necessário observar a data de vencimento do boleto. O não pagamento até a data estipulada acarretará em multa.

3. O LOCAL DE DIVULGAÇÃO DAS BANDAS

Uma vez confirmado o recebimento da taxa, serão divulgados todos os ministérios de música participantes no site www.fv.org.br, bem como nas mídias sociais da Feira Vocacional®. Esta divulgação poderá servir de ferramenta para levar seu público ao II Festival de Música 2017, somando pontos para o quesito “j” do item 9.2.

4. REUNIÃO PRESENCIAL PRÉ FESTIVAL DE MÚSICA

Nesta reunião vamos sentir como será clima do nosso II Festival de Música, e como será o dia: detalhes como credenciamento, horários, esclarecimento de alguma dúvida e o sorteio da ordem das apresentações no dia do evento.
a) Reunião restrita apenas à comissão organizadora do II Festival de Música 2017, ministérios de música SELECIONADOS e CONFIRMADOS, podendo contar com a presença do CONSELHO ORGANIZADOR da Feira Vocacional®;
b) A reunião se dará no dia 12 de agosto de 2017, a partir das 10h;
c) Cada ministério deverá enviar ao menos UM REPRESENTANTE;
d) Esta participação na reunião é vital, pois é nela que serão explanados os detalhes do II Festival de Música, bem como o sorteio para definição da ordem das apresentações;
e) A não presença desta, resultará em punição, como prevista no item 11, no quesito “b”.

5. FORMAÇÃO DA BANDA

Para acolher melhor seu ministério, especialmente nos aspectos técnicos, prezando pela qualidade do nosso Festival de Música, são propostas algumas condições para que o Ministério esteja em conformidade com um padrão mínimo estabelecido pela organização do Festival:
a) Não poderão participar do II Festival de Música da Feira Vocacional® 2017 ministérios com músicas instrumentais, nem vocalistas se apresentando somente com playback;
b) A banda/grupo deve conter instrumentista(s) e vocalista(s);
c) Número mínimo de integrantes: 3 (três);
d) Número máximo de integrantes: 10 (dez);
e) Ao encerrar a inscrição (dia 20 de julho de 2017), o ministério não poderá acrescentar integrantes. Porém, caso seja necessário, poderá alterar algum integrante, devendo informar a equipe organizadora.
f) O ministério de música deverá trazer seus próprios instrumentos;

i. A bateria será uma exceção pois estará disponível no palco, para agilidade das apresentações;
ii. Caso o baterista prefira, ele pode trazer seus próprios pratos, podendo trocá-los, desde que respeite o horário proposto para cada ministério se apresentar como aponta o quesito “c” no item 9.

g) NÃO será disponibilizado cabos adicionais para ligações de caixas próprias ou pedaleiras.

6. A CANÇÃO APRESENTADA

a) A canção DEVE ser CATÓLICA, ou seja, não deve contradizer os valores da fé presentes no magistério da Igreja (dogmas, catecismo, teologia, etc.);
b) A composição não tem um tema específico;
c) A letra e a melodia PRECISAM ser de composição do ministério;
d) É necessária a entrega, no ato do CREDENCIAMENTO, à comissão organizadora a letra e a cifra ou partitura previamente IMPRESSA:

i. Se preferir, pode enviar por e-mail à comissão organizadora em .pdf;
ii. Não será possível imprimir no dia.

7. CREDENCIAMENTO

a) TODOS os integrantes deverão realizar o credenciamento no dia do evento;
b) O credenciamento se realizará a partir das 9h no local devidamente sinalizado no dia da apresentação. O credenciamento dos participantes se encerrará às 11h;
c) No ato do Credenciamento, é entregue à comissão organizadora os documentos pedidos no quesito “d” do item 7, salvo em casos do adendo “i” do mesmo item;
d) Também no ato da inscrição, cada membro deverá assinar um termo de autorização de concessão de uso de imagem e som;
e) Após o credenciamento, os integrantes deverão permanecer na área de concentração reservada SOMENTE aos integrantes do ministério de Música.

8. APRESENTAÇÃO

a) O II Festival de Música 2017 vai se realizar na Rua Nossa Senhora de Nazaré, 101, no dia 19 de agosto de 2017, tendo início às 12h, pontualmente;
b) Os ministérios se apresentarão perante o público e à Comissão Julgadora, composta por pessoas tecnicamente habilitadas para avaliar o conteúdo musical, técnico e religioso;
c) Cada banda terá o tempo máximo de 20 (vinte) minutos para SUBIR AO PALCO E APRESENTAR a canção após ter sido anunciada, podendo ser punida e até desclassificada caso não cumpra o tempo previsto, conforme o item 11 no quesito “a”, salvo por problemas técnicos;

9. COMISSÃO JULGADORA

Os detalhes de cada critério, seja da primeira fase, seja da segunda, serão expostos na reunião geral marcada e explicitada no item 5.

9.1. PRIMEIRA FASE

Abaixo os critérios de avaliação da comissão julgadora:
a) Letra: conteúdo em consonância com a teologia católica, aspectos estéticos (como métrica, poesia, figuras de linguagem), coesão e coerência;
b) Melodia: aspectos estéticos, relação com a prosódia das palavras, relação com a harmonia, análise da construção melódica e do discurso musical (ex: análise da forma da música, presença de motivos, etc.);
c) Interpretação: divisão musical, adequação ao gênero/estilo musical, dicção (clareza na pronúncia da letra);
d) Afinação: técnica vocal, escolha adequada da tonalidade;
Lembrando que não será enviado as pontuações para os candidatos que não forem selecionados.

9.2. APRESENTAÇÃO

Abaixo os critérios de avaliação da comissão julgadora no ato da apresentação:
e) Letra: conteúdo em consonância com a teologia católica, aspectos estéticos (como métrica, poesia, figuras de linguagem), coesão e coerência;
f) Melodia: aspectos estéticos, relação com a prosódia das palavras, relação com a harmonia, análise da construção melódica e do discurso musical (ex: análise da forma da música, presença de motivos, etc.);
g) Interpretação: divisão musical, adequação ao gênero/estilo musical, dicção (clareza na pronúncia da letra);
h) Afinação: técnica vocal, escolha adequada da tonalidade;
i) Arranjo: análise da forma do arranjo, papel de cada instrumento (condução rítmica, melódica, harmônica) em cada parte do arranjo, variação da dinâmica/intensidade, coerência com o gênero/estilo musical, criatividade;
j) Performance dos instrumentistas: avaliação da execução do arranjo. Exemplos de performances equivocadas: o arranjo para um instrumento pode ser complexo e a execução pode não ter sido adequada ou o arranjo é muito simples, facilitando a execução, com o risco de não trazer nenhuma novidade, nem beleza para a música;
k) Presença de Palco: A postura no palco durante a apresentação: movimentação do artista, interação com o público, bem como a dinâmica que se aplica na apresentação conduzindo bem a canção e atraindo as pessoas ao momento, ou seja, a forma com que o artista conduziu e administrou o momento;
l) Torcida: presença em quantidade e qualidade (animação no momento da apresentação do seu ministério e comportamento adequado na apresentação das outras bandas).

10. PUNIÇÕES

Diferentemente da avaliação da comissão julgadora, as punições podem ser aplicadas também pela comissão organizadora do II Festival de Música 2017, e devem ser validadas pelo delegado da comissão. As punições são estas:
a) Atrasos: qualquer atraso, mencionado nos pontos acima, sem motivo justo;
b) Falta na reunião geral: o não comparecimento da reunião geral previamente marcada resultará na desclassificação do ministério, que poderá tocar, pelo compromisso evangelizador, mas não poderá concorrer aos prêmios. Salvo uma justificativa prévia e justa;
c) Má Fé: qualquer manifestação do ministério de música, ou de um dos seus integrantes, que prejudique o bom fluxo, a caridade, os princípios éticos;
d) Desrespeito: qualquer evento no qual o ministério de música, ou um de seus integrantes seja protagonista de escândalo à comissão organizadora do II Festival de Música, aos voluntários, bem como ao público da Feira Vocacional®,

11. PREMIAÇÃO

As premiações são isentas de imposto e deverão ser entregues aos vencedores no mesmo dia, após declarado o resultado publicamente às 17h30:
a) Primeiro lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais);
b) Segundo lugar: R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais);
c) Terceiro lugar: R$ 1.000,00 (mil reais).

12. DISPOSIÇÕES FINAIS

a) Os participantes devem ter bem claro que a produção do Festival de Música poderá utilizar as imagens e as composições (melodia, letra, gravação) do Festival sem ônus.
b) Caberá aos integrantes das bandas portarem seus instrumentos pessoais, tais como: guitarra, baixo, teclados, violões, metais, sopros, percussão, pedaleiras, efeitos especiais, etc. O festival de música disponibilizará os elementos básicos da bateria e sonorização.
c) Os promotores do Festival de Música não se responsabilizam pela guarda, acondicionamento, conservação, transporte, manutenção ou reparo dos instrumentos musicais de propriedade dos integrantes das bandas ou de terceiros, bem como os prejuízos advindos de extravio, furto ou roubo dos mesmos.

Atenciosamente
Equipe do Festival de Música FV2017
Graça e Paz