Seminário de Teologia edifica oratório em honra a São Miguel, Arcanjo

O Seminário Diocesano de Teologia erigiu no jardim principal, um oratório dedicado a São Miguel Arcanjo, príncipe da milícia celeste. O mesmo foi abençoado no último dia 20, e contemplado com uma belíssima imagem do Arcanjo Miguel, já pertencente ao seminário, mas restaurada especialmente para ocupar este novo lugar.

A existência dos Anjos “é uma verdade de fé” (CIC §328), e a Igreja conta com a proteção destes seres espirituais em todos os âmbitos e em todos os momentos: “Desde o início até a morte, a vida humana é cercada por sua proteção e por sua intercessão” (CIC §336).

Miguel (מיכאל – Mikha’El, em hebraico), é tradicionalmente interpretado e traduzido pela pergunta: Quis ut Deus? (Quem como Deus? – Mi = quem | kha = como | El = Deus). Miguel tem o demônio aos pés, porque este quis fazer-se um deus, segundo sua soberba. É na força do Deus único e verdadeiro que o Arcanjo Miguel derrota o inimigo, e aponta para cima, anunciando que não há “ninguém como Deus”.

São Miguel, que venceu o maligno, proteja a todos nós das ações dos anjos das trevas, e revele-nos o poder do Deus Santo, Único e Verdadeiro. Defendei, oh São Miguel, com vosso escudo, os nossos seminários e toda a Diocese de Santo Amaro, Abade. Amém.

Redação: Lucas Alves, Seminarista da Teologia


Fotos: Henrique Gonçalves, Seminarista da Teologia

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *