O movimento da Legião de Maria é, neste ano de 2018, um dos intercessores oficiais da Feira Vocacional. Os intercessores estão comprometidos em enriquecer-nos com dons espirituais por meio de suas preces e orações, trazendo a intenção do nosso evento, e das vocações de nossa diocese. Conheça um pouco mais da LEGIÃO DE MARIA:

 Legião de Maria

A palavra LEGIÃO significa exército e Legionário é o soldado que faz parte deste exército. É por isso que foi dado o nome de LEGIÃO DE MARIA ao conjunto de leigos (soldados) que fazem parte do grande exército de Maria Santíssima, a Mãe de Jesus Cristo e nossa.

O Papa Pio XI disse: “Legião de Maria! Que nome bem escolhido!”. Falando assim dessa “associação de católicos que, com a aprovação da Igreja e sob o poderoso comando de Maria Imaculada, se constituíram em Legião para servir na guerra travada pela Igreja contra o mal que há no mundo”. E o Papa João XXIII completa dizendo: A Legião de Maria apresenta a verdadeira face da Igreja Católica.

Neste contexto a Legião de Maria tem a finalidade de combater o mal que há no mundo, ou seja, tudo aquilo que vá contra o Projeto de Deus que é ter a “vida em plenitude” (Jo 10,10) com a ajuda e proteção materna de Maria, a Rainha deste movimento. E é através de uma reunião e também de um trabalho semanal que se busca alcançar este objetivo, como também proporcionar ao legionário a oportunidade de progredir na sua santificação pessoal e a oportunidade de colaborar na obra salvífica de Cristo, atraindo, através de um trabalho orientado, um grande número de pessoas para a Igreja.

NO MUNDO, a semente da Legião de Maria foi lançada pelo seu fundador Frank Duff, um dos grandes católicos do século XX – um homem fora de série. A Legião de Maria é uma Associação de Católicos que, com a aprovação da Igreja e sob o poderoso comando de Maria Imaculada, se constituíram em Legião para travar a luta contra o mal que existe no mundo.  Este exército teve a mais humilde das origens surgiu espontaneamente, sem premeditações de regras e práticas. O primeiro alistamento de legionários realizou-se em Myra House, Francis Street, Dublin, Irlanda, às 20 horas do dia 07 de setembro de 1921, véspera da festa da natividade de Nossa Senhora. O aspecto daquela reunião foi idêntico ao das reuniões legionárias que depois viriam a se efetuar em toda a terra.

NO BRASIL, a Legião de Maria foi implantada primeiramente no Rio de Janeiro. A data oficial de fundação foi 24 de outubro de 1951. O Irmão João Creff foi o grande responsável pela fundação, acompanhou todo trabalho de fundação, desmembramento, formação da Cúria. Foi ele que mostrou a Dublin a necessidade de um enviado do Concilium Legionis ao Brasil. A primeira enviada foi a irmã Joaquina Lucas (Filipina), que em 1954 recebeu o Irmão Alfonso Lambe. Em 1954 foi fundada a Legião de Maria em São Paulo e com a progressão dos trabalhos de expansão em 21 de junho de 1959 o Concilium Legionis fundou em São Paulo o primeiro Senatus do Brasil, sendo este o primeiro do mundo em língua portuguesa.

NA DIOCESE DE SANTO AMARO, a Cúria foi fundada em 19/11/1960 e elevada a Comitium em 15/07/2001.

Você também é convidado a ser um Intercessor FV! Basta acessar o link: http://fv.org.br/liturgia/ e acessar a área dedicada à “Intercessão”.