O que é ser benfeitor?

É ser missionário, aberto à partilha e a fraternidade, que entende que quando se ajuda um jovem a ser padre, está ajudando a Igreja, na certeza de que, este candidato, levará o Evangelho aonde nós nem sempre temos possibilidade de levar.

É ser portador da Esperança! Pois, mesmo vivendo em um mundo onde reina o egoísmo e a indiferença, ainda encontramos corações capazes de entender que, na linha da história humana, não somos mais que um ponto. Logo mais, passamos e outros precisarão assumir nosso lugar.

Ajudando as vocações, fazemos valer a verdade de que: o mundo será melhor quanto mais nele habitarem homens resolvidos, livres, autônomos, presbíteros, ordenados.